Um dia um caminhão atropelou a paixão

Relacionamentos não são nada fáceis, por isso, no geral, as comédias românticas são no início da relação, as “dificuldades” são os outros (ela tem namorado, ou ele vai viajar para longe, ele matou o gato de estimação dela etc etc etc), em um relacionamento já consolidado, bem, o problema na sua maioria está em você ou nele(a), e você se pergunta: “será que deveríamos estar mesmo juntos?”
E quando a dúvida entra no seu coração, nos seus sentimentos, como escapar? O que antes era certeza, o que parecia ser seu “felizes para sempre” parece tão frágil, como um castelo de areia a beira do mar. E de quem é a culpa? Quem vamos responsabilizar dessa vez? Não há obstáculos reais. A pessoa que você queria tanto está ali na sua frente, o que há de errado? Por que não consegue se entregar de uma vez  e Por que esse sentimento de vazio, que te isola do outro?

E você se afasta, e tem que se dar conta que a culpa não é só dele(a), e admite que não quer mais.

Enquanto uma outra parte sua ainda quer ele(a) desesperadamente e se arrepende de ao menos pensar no fim.

É que seilá, parace que um belo dia um caminhão atropelou a paixão.
Cabe aos dois tentar salvá-la ou deixar o amor se transformar em bom dia.

(eu prefiro tentar salvar ❤ )

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s